Dieta Cetogênica – Se fosse você, leria antes este artigo

Você sabia que há uma dieta que incentiva o consumo de gordura para que ela seja perdida? Apesar de parecer estranho este conceito a dieta cetogênica tem ganhado cada vez mais adeptos em busca do emagrecimento rápido.

Dieta Cetogênica

Essa dieta surgiu na década de 20 nos Estados Unidos para tratar a epilepsia refratária nas crianças. No entanto, com o surgimento de novas drogas ela acabou caindo em desuso na década de 40.

 

Atualmente essa é uma dieta que tem sido bastante utilizada por quem deseja perder peso e gordura. Ela também tem sido usada para tratar a síndrome metabólica, obesidade, diabetes e até mesmo o câncer.

O que é essa dieta?

Quando qualquer pessoa busca um nutricionista para iniciar uma dieta ele recomenda a ingestão de todos os nutrientes, inclusive carboidratos. Afinal, são eles as principais fontes de calorias seguidos pelas proteínas e gorduras.

 

Na dieta cetogênica a fonte de energia não são os carboidratos, mas as gordura. A quantidade de carboidrato que é ingerida é muito pequena. Já o consumo das proteínas deve ser em quantidades moderadas. Isso faz com que haja uma alteração na forma com que as células conseguem energia no organismo.

 

Como o carboidrato está escasso, o fígado é forçado a quebrar a gordura que foi adquirida na alimentação e também do tecido adiposo. Com isso ela é transformada em ácido graxo e corpo cetônicos para que a energia seja obtida. Assim os níveis destes últimos no sangue acaba aumentando e é justamente daí que se origina o seu nome.

 

Como é o funcionamento da dieta cetogênica

Logo quando o organismo é privado dos carboidratos, é utilizado o primeiro estoque de energia que está presente no fígado, o glicogênio. Essa substância é um carboidrato complexo que é facilmente quebrado em glicose. Assim ela é liberada para o sangue.

 

Com os níveis de açúcar presente no sangue sofre uma redução sem que haja sua reposição através da alimentação, o glucagon é liberado. Este é um hormônio que faz com que o glicogênio seja quebrado.

 

Após o consumo total do glicogênio o organismo recorre aos lipídeos para buscar energia. Eles são obtidos tanto pela alimentação quanto no tecido adiposo.

 

Com as gorduras sendo utilizadas como fonte principal de energia há uma queima dos estoques. Isto é, o organismo consome a gordura que está no tecido adiposo com o intuito de conseguir energia. O efeito disso é a eliminação das gorduras e a preservação da massa magra.

 

Alimentos que podem ser consumidos

Na dieta cetogênica os principais alimentos que podem ser consumidos são os que são fontes de proteína e gordura. Alguns exemplos são:

 

  • Carne suína;
  • Ovos;
  • Peixes;
  • Peito de frango;
  • Requeijão;
  • Carnes vermelhas;
  • Oleaginosas;
  • Verduras em verde escuro, alface, espinafre e brócolis;
  • Azeite de oliva;
  • Embutidos;
  • Queijos;
  • Manteiga;
  • Oleaginosas.

 

Dieta Cetogênica (Keto)

Alimentos que não devem ser consumidos

O objetivo da dieta cetogênica é permitir a queima de gordura através da ingestão muito baixa de carboidratos. Por este motivo, alimentos que possuem carboidrato, principalmente os que são facilmente ingeridos, devem ser evitados. Alguns exemplos são as massas, açúcar, arroz branco e pães brancos.

Benefícios desta dieta

Um dos principais benefícios obtidos com essa dieta é a queima da gordura que ocorre de forma mais fácil. Mas além disso, ela promove outros benefícios como:

  • Massa muscular é preservada;
  • Níveis de insulina ficam baixos;
  • Apetite é controlado

Contraindicações

 

Assim como outras dietas, a dieta cetogênica não é recomendada para pessoas que já passaram dos 65 anos. Quem tem histórico com problemas de insuficiência renal ou hepática, por exemplo, também devem evitar.

Pacientes que estão se tratando com medicamentos feitos à base de cortisona, tiveram AVC ou doença cardiovascular são contraindicados. O melhor a ser feito nesses casos é consultar um médico para que ele autorize sua realização bem como um nutricionista.

Resumindo

A dieta cetogênica surgiu como uma alternativa de tratamento para crianças que sofrem com epilepsia. Devido ao surgimento de novos medicamentos ela acabou caindo em desuso, mas passou a ser utilizada para emagrecer. O fato de consumir uma quantidade baixa de calorias faz com que a gordura seja queimada e o peso extra perdido.

O que você achou deste conteúdo? Ele foi útil para você? Então compartilhe nossa página em suas redes sociais e deixe seu comentário.

Recomendamos pra você:

Fica Keto 147: Cardápio Cetogênico 21 semanas

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *